Redes Sociais: como usar para o benefício do RH?

Redes Sociais: como usar para o benefício do RH?

As plataformas de interação online já são uma parte indissociável do nosso dia a dia. No entanto, nem sempre as organizações se aproveitam corretamente desse recurso. As redes sociais e o RH podem caminhar juntos em diversas estratégias para benefício da empresa.

Neste artigo, vamos compartilhar com você os motivos que tornam esses espaços virtuais tão propícios para a atuação do RH. Além disso, vamos mostrar como você pode usar as redes sociais e quais cuidados precisa ter. Continue a leitura e confira nossas dicas.

Por que o RH deve atentar às redes sociais?

Você sabia que o Brasil ocupa o segundo lugar em relação ao uso de redes sociais no mundo? Segundo pesquisa, o brasileiro passa, em média, 11 horas e 19 minutos nessas plataformas diariamente. O interesse e engajamento que as pessoas têm nesses espaços podem se tornar uma grande oportunidade para alavancar a imagem da sua empresa.

Se sua organização já está nas redes sociais, o RH precisa atentar ao conteúdo que é produzido e repassado ao público por meio delas. Afinal, estamos falando de potentes vitrines da marca empregadora, em que é possível compartilhar a cultura corporativa, as conquistas internas e os benefícios de atuar na empresa.

Por outro lado, se não houver preocupação com a imagem transmitida nas redes, é possível que o trabalho árduo da gestão de pessoas não gere os frutos esperados. Isso porque aquilo que é pensado e proposto não está sendo divulgado ou usado com a estratégia certa.

Quais são os benefícios das redes sociais para RH?

As redes sociais e o RH podem ser grandes aliados em diferentes momentos. Esse setor tem a oportunidade de utilizar essas ferramentas para atrair e recrutar talentos, gerenciar pessoas e fortalecer a própria marca da empresa.

Por isso, são vários os benefícios que podem ser alcançados quando os Recursos Humanos utilizam as redes sociais de uma forma estratégica. Confira a seguir alguns deles.

Humanização da marca

Apesar da grande digitalização da vida cotidiana e do uso intensivo de recursos tecnológicos, pessoas ainda querem se conectar com pessoas. Utilizar as redes sociais é uma forma de humanizar a marca para gerar identificação do público com ela e uma aproximação muito maior, no sentido de fazer parte da sua vida.

Construção de uma imagem positiva

As redes sociais trazem a oportunidade de a empresa mostrar todos os impactos positivos que ela gera na sociedade. É o momento para o RH apresentar esse lado social e humanitário, as bandeiras que são levantadas pela organização, seus valores e sua cultura.

Além de tudo isso, é válido mostrar nas redes sociais a maneira como acontecem as relações de trabalho dentro da empresa. Apresente os cuidados que ela tem com seus colaboradores, pois isso também ajuda a demonstrar o seu lado humano e construir uma imagem positiva.

Facilidade para atrair talentos

Como você viu, é possível fazer uma grande propaganda da empresa nas redes sociais, e o RH pode aproveitar isso como uma forma de mostrar para os melhores talentos que ali é o lugar ideal para eles trabalharem.

Esse é o espaço para vender a marca aos profissionais, o que é muito importante porque os bons resultados do negócio e a qualidade das suas entregas dependem do time que é criado. Assim, é necessário despertar o interesse dos grandes talentos para que eles possam contribuir para o sucesso da organização.

Potencialização do networking

Um dos objetivos das redes sociais é conectar. Então, o RH pode utilizar esses canais para fazer um networking de qualidade. É importante estar em contato com outras empresas, formar parcerias, conhecer grandes profissionais do setor e áreas afins, além de ficar de olho nos talentos. Tudo isso contribui para as melhores estratégias no momento certo.

Maior alcance das vagas

As redes sociais têm o grande potencial de viralizar os conteúdos que são postadas nelas, e isso também pode acontecer com as vagas que estão em aberto na empresa.

Quando elas são divulgadas nas redes, as pessoas automaticamente auxiliam compartilhando com amigos, contatos e conhecidos. Assim, é possível fazer com que essas vagas cheguem a talentos que ainda não eram sondados ou esperados.

Criar relações com o público

O público a que nos referimos aqui não é composto apenas pelos clientes da empresa. Estamos falando da sociedade como um todo e dos próprios colaboradores da organização. Por meio das redes sociais, é possível estar mais próximo deles e de uma forma diferente, criando relações muito mais saudáveis e humanizadas.

O RH pode utilizar as redes sociais para fazer a gestão de pessoas. Sabendo como construir uma relação estratégica, é possível ter colaboradores mais engajados e satisfeitos, com grande senso de pertencimento, e que serão admiradores e defensores da marca.

Quando utilizar as redes sociais no RH?

Em diversos momentos, redes sociais e RH podem trabalhar juntos. Acompanhe a seguir algumas formas de potencializar o uso dessas plataformas para benefício da gestão do capital humano.

Promover a cultura da empresa

Uma das maneiras de se apropriar corretamente das redes sociais é usando-as para promoção da cultura organizacional. Sabemos que fortalecer esse aspecto na empresa é um processo, muitas vezes lento, que exige um trabalho intenso de propagação do propósito, da visão e dos valores da instituição a todos que atuam nela.

Considerando que muitos profissionais estão ativos em redes sociais profissionais, no Facebook, no Instagram, e outras redes, é possível aproveitar para criar um diálogo mais consistente com eles, de forma leve e pessoal. Assim, eles vão assimilar as ideias de maneira mais orgânica, gerando um alinhamento com o que a gestão deseja.

LGPD para RH: confira o guia completo com tudo o que você precisa saber

Contar sobre conquistas e ações realizadas

As redes sociais no RH também podem ser um instrumento de engajamento e motivação para os colaboradores. Compartilhar as ações e conquistas do dia a dia corporativo nas publicações vai gerar um sentimento de pertencimento e valorização nos profissionais.

Imagine ver seu trabalho projetado na plataforma oficial da empresa? Isso certamente proporciona contentamento para os membros da equipe. Além disso, motiva outros a melhorarem o desempenho para ganharem esse mesmo destaque.

Para os clientes, parceiros e outros profissionais que acompanham as redes da organização, esse tipo de postagem é uma forma de mostrar o intenso trabalho realizado e as pessoas que estão por trás de todo o processo.

Emitir provas sociais por meio de colaboradores

Um dos grandes benefícios de unir redes sociais e RH é otimizar a atração de talentos. Isso porque o público passa a conhecer melhor a marca empregadora, desejando fazer parte da empresa. Esse processo é fortalecido pelas ações que já citamos, como a disseminação da cultura e o compartilhamento de conquistas.

Mas existe ainda outra ação interessante que você pode apostar. Trata-se da divulgação de provas sociais por meio dos colaboradores, como depoimentos sobre a satisfação em atuar na empresa. Essa é uma das melhores estratégias de persuasão, que pode intensificar o desejo dos melhores talentos do mercado a ingressar na sua organização.

Promover vagas em aberto

Você já está investindo em recrutamento online? A maioria das empresas tem adotado esse caminho com intenção de acelerar e otimizar o processo de seleção de talentos. Mas, para aumentar ainda mais as chances de contratar bons candidatos em um menor tempo, você pode usar as redes sociais para promover as vagas em aberto.

Pense bem: profissionais que seguem o perfil da organização nas redes sociais muito provavelmente admiram a empresa e compartilham dos mesmos valores. Isso quer dizer que eles têm algo de grande valor no recrutamento, o fit cultural.

Conhecer melhor os candidatos no recrutamento

Mais uma maneira de usar as redes sociais no RH é para conhecer melhor os candidatos que estão participando do recrutamento. Como as pessoas compartilham sua vida ativamente nas redes, esses espaços são ótimas ferramentas de observação.

Em redes profissionais, é possível ter uma visão mais ampla da trajetória do profissional e até mesmo encontrar recomendações sobre ele. Em plataformas como Facebook e Instagram, o RH pode analisar melhor o comportamento e as ideias compartilhadas por cada um no dia a dia.

Quais são as principais mídias sociais usadas nas redes sociais pelo RH?

Não há como negar que as mídias sociais voltadas para as relações profissionais são indispensáveis para o setor de Recursos Humanos. Elas vão criar conexões construindo uma rede diversificada e muito vasta.

Também são uma forma de acompanhar o mercado e uma determinada área, observando as suas tendências e novidades. Ao mesmo tempo, permitem encontrar profissionais com grande facilidade. Porém, algumas mídias mais populares também são muito utilizadas pelas empresas, como Instagram e Facebook.

Instagram

O Instagram traz a grande oportunidade para as empresas demonstrarem seu lado mais humano. Os stories, por exemplo, permitem mostrar os bastidores da organização e podem gerar engajamento por meio de enquetes, além da possibilidade de divulgar vagas.

Mas também é possível criar vídeos fazendo entrevistas, apresentação de produtos ou serviços, assim como para compartilhar diversos tipos de informação. Todas as possibilidades do Instagram podem ser utilizadas pelo RH; basta escolher o recurso conforme a informação que será postada.

Facebook

O Facebook continua sendo a rede social mais utilizada no Brasil, logo, o RH precisa acompanhar essa tendência para estar mais próximo público e dos talentos, fortalecendo a marca.

Nesse espaço, também é possível apresentar a organização, além de levantar discussões, criar conteúdos voltados para o entretenimento e ainda oferecer vagas.

O RH pode criar comunidades ou grupos exclusivos para os colaboradores da organização. Assim, pode gerar aproximação entre todos os envolvidos, permitindo que se conheçam um pouco mais mesmo quando não convivem de forma direta, como nos modelos de trabalho híbrido e remoto.

Quais os cuidados do RH na utilização de redes sociais?

Agora que você sabe que redes sociais e RH precisam ser parceiros, é importante entender quais são os cuidados que você e sua equipe devem tomar ao usar esses espaços. Para começar, saiba que é importante estruturar o perfil da empresa nas diversas redes existentes. Em vez de focar apenas as redes profissionais, aproveite o potencial também do Facebook, Instagram, TikTok, Twitter, entre outras opções.

É indispensável que haja um alinhamento do RH com o time de Marketing, que geralmente é o responsável por conduzir as iniciativas online. Trabalhar em conjunto vai garantir que não haja conflito de estratégias e que as ações sejam ainda mais eficientes.

O RH também pode propor e implementar uma política de uso das redes sociais, com a finalidade de evitar equívocos que possam prejudicar a imagem da empresa. Padronizar a linguagem, estabelecer responsáveis pelo gerenciamento das redes e definir um plano de ação para situações de crise são alguns exemplos de medidas que podem ser tomadas.

Esperamos que este conteúdo tenha sido útil para mostrar como redes sociais e RH precisam estar integrados para que a imagem da empresa seja fortalecida tanto para o público interno quanto externo. Apostar nesses espaços é uma forma de alavancar as ações tomadas pela gestão de pessoas e garantir mais visibilidade e engajamento.

Gostou do artigo? Temos muito mais conteúdos interessantes para você. Assine a nossa newsletter e receba novidades em seu e-mail!

Na Catho você acelera. Economize seu tempo e encontre o profissional que você procura.

2 comentários em “Redes Sociais: como usar para o benefício do RH?

  1. Estou amando os conteúdos ! Muitos ricos e práticos !

    1. Avatar photo
      Autor do site

      Olá, Fernanda!

      Que bom que está curtindo, obrigada pelo comentário.

Fale o que você pensa!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Desenvolvido por: Bulki e WPTotal