microlearning

Saiba como aplicar o microlearning nos treinamentos do RH

A capacitação constante é essencial para as empresas que querem continuar crescendo no mercado. Para garantir a continuidade dos treinamentos, o microlearning é uma abordagem de ensino que pode ser muito vantajosa, já que o seu objetivo é construir conteúdos complexos a partir de pequenas doses de conhecimento em períodos curtos, não comprometendo as rotinas operacionais.

Mas você sabe do que se trata essa especialização na área de RH e como ela pode ser aplicada nos treinamentos na sua empresa? Reunimos os principais detalhes aqui!

O que é microlearning?

O microlearning é uma técnica de aprendizagem voltada para a divisão de um bloco de conhecimento em pequenas unidades. A proposta é ideal para os resultados a curto prazo, já que os conteúdos são aplicados em formatos mais simples, que facilitam a compreensão do conceito a ser ensinado. A técnica pode ser aplicada desde o treinamento de lideranças até o desenvolvimento de habilidades específicas.

Em vez de várias aulas e apresentações sobre um determinado assunto, o conteúdo é dividido em pequenas pílulas de conhecimento. Dessa forma, torna-se mais simples integrar esses momentos de aprendizado à rotina de cada profissional.

Quais são as vantagens de investir no microlearning para treinamentos do RH?

Ao decidir pela implementação do microlearning, quais são os benefícios para a sua empresa? Confira abaixo.

Atualização rápida

A busca por conhecimento é muito importante, certo? Mas nem sempre os profissionais têm tempo para isso. O microlearning resolve esse problema com uma atualização mais rápida e prática para os colaboradores.

Não é necessário ficar meses estudando para absorver o conteúdo, já que ele é dividido em várias pílulas para que o aprendizado seja constante.

Implementação facilitada

Os conteúdos menores também contribuem para uma implementação simplificada dos conceitos que precisam ser absorvidos. Dessa forma, mesmo em uma rotina muito corrida é possível colocar a técnica em prática. Para a equipe de RH, isso deixa o trabalho bem mais simples, já que não é necessário ter grandes investimentos (de tempo e recursos) para a aplicação.

Aplicação flexível

Por falar em aplicação, esse é outro benefício do microlearning: a flexibilidade permite que o ensino seja feito mesmo nas rotinas mais corridas. Para quem não quer que os profissionais fiquem muito tempo longe do trabalho ou demorem até que os resultados apareçam, a técnica garante que o conhecimento seja encaixado no dia a dia de cada um de modo produtivo e com foco em resultados.

Como aplicar o microlearning nos treinamentos?

Afinal, como aplicar o microlearning nos treinamentos da sua equipe e aproveitar todos os benefícios apresentados acima? Confira!

Dividir o conteúdo do treinamento em pequenas partes

O primeiro passo para a implementação de um treinamento baseado em microlearning é a separação do conteúdo em pequenas partes. Afinal, a proposta não é ter materiais menores apresentados regularmente? Apesar de parecer uma tarefa simples, é bastante complexa, já que a divisão deve ser feita de maneira que não prejudique o aprendizado do colaborador.

Dessa forma, é necessário entender o conteúdo como um todo que será trabalhado em um módulo e, em cima dele, realizar uma divisão que torne prática e simples a rotina de aprendizado. Cada pequeno tema deve ter um objetivo e um propósito, garantindo que os colaboradores sempre tenham um novo conhecimento absorvido em cada sessão de ensino.

Facilitar o acesso aos conteúdos

Outro cuidado que precisa ser tomado é a disponibilização dos conteúdos. Portanto, é muito importante conhecer a fundo sobre quem é o seu colaborador, as suas dores, os seus principais objetivos e, é claro, os materiais que serão disponibilizados. A partir disso, é necessário definir quais são as plataformas e os canais utilizados para permitir o acesso aos materiais.

Em alguns casos, é possível fazer tudo de modo online e individual, garantindo que os próprios colaboradores se desenvolvam a partir das pequenas doses de conhecimento. Em outros momentos, pode ser importante um contato presencial — ou aulas síncronas —, para que o profissional tenha mais liberdade e possa, por exemplo, esclarecer eventuais dúvidas.

Apostar na apresentação das informações em formatos variados

Para que a aplicação do conceito de microlearning funcione, também é muito importante que a equipe de RH utilize diferentes formatos de conteúdo.

A boa notícia é que a criação de materiais variados é cada vez mais simples, sem exigir tantos investimentos para a empresa. A proposta é tornar a experiência de aprendizado ainda mais tranquila de ser absorvida.

Algumas pílulas de conhecimento podem ser disponibilizadas em vídeos curtos, por exemplo, enquanto outros temas podem ser abordados com textos e artigos mais detalhados, mas é possível usar formatos como áudio e imagens também.

O ponto de atenção precisa ficar na divisão desses materiais, garantindo que cada formato faça sentido para potencializar a capacidade de aprendizado do profissional.

Reforçar o aprendizado com simulados e atividades práticas

Além da parte teórica, o microlearning também exige a aplicação de exercícios práticos para um aprendizado mais completo. Afinal, toda a proposta desse conceito é garantir que o profissional tenha mais formas de aprender em pouco tempo, não é mesmo? E a melhor maneira de se fazer isso é investindo em simulados, cases de sucesso e, em alguns casos, atividades de campo.

Dessa forma, tudo aquilo que aprendeu em um, dois ou três módulos, por exemplo, a pessoa pode colocar em prática em uma atividade mais próxima do que, de fato, vai acontecer na rotina de trabalho.

Essa etapa também ajuda na identificação de dificuldades no desenvolvimento de equipes, possibilitando a realização de ajustes ou trabalhos específicos para que cada colaborador possa aprender melhor.

Dentro de um mercado competitivo, em que as empresas buscam diferenciação constante, conseguir aplicar o microlearning pode ser uma estratégia de negócios muito acertada. Sem prejudicar o desempenho ou a produtividade da sua equipe, essa técnica permite que os profissionais consigam se capacitar e entregar cada vez mais em suas funções.

Tirou todas as dúvidas sobre o que é microlearning, como ele pode ser colocado em prática e os benefícios que o método vai proporcionar para o seu time? Que tal, então, dividir esse conceito com outros profissionais que podem aproveitar essas vantagens? É fácil: compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais!

Guia do RH para a saúde mental no ambiente corporativo

Assine a nossa newsletter e tenha em mãos as novidades mais relevantes sobre RH!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.