4 ferramentas importantes para o e-recruiting

4 ferramentas importantes para o e-recruiting

A contratação de novos colaboradores demanda um processo complexo e dividido em várias etapas, o que pode sobrecarregar o setor de Recursos Humanos (RH) — principalmente quando é necessário lidar com um grande volume de candidaturas. Diante disso, o e-recruting, tendência que vem conquistando espaço entre as empresas, ajuda a simplificar e a agilizar a identificação e contratação dos melhores talentos do mercado.

O uso de novas tecnologias no processo de recrutamento e seleção (R&S), como as que fazem parte do e-recruiting, permite que as organizações economizem tempo e recursos na hora de buscar novos funcionários.

Quer entender melhor sobre como funciona essa tendência? Neste post, vamos abordar o que é o e-recruiting e quais ferramentas podem ser utilizadas para colocar esse novo método em prática. Confira!

O que é e-recruiting?

E-recruiting, ou recrutamento digital, consiste no processo de recrutamento e seleção de candidatos a partir do uso de tecnologias digitais, o que inclui desde internet até software de gerenciamento de candidatos.

As ferramentas utilizadas por esse método colaboram para atração, busca, entrevista e admissão dos profissionais mais adequados ao perfil da vaga oferecida pela empresa. O objetivo dessa prática é otimizar as etapas do processo seletivo, agregando agilidade na divulgação da vaga, seleção e contratação de talentos.

Ao adotar o e-recruiting, as empresas podem alcançar um número maior de candidatos, já que as vagas passam a ser divulgadas em diferentes canais de comunicação. Também é possível selecionar os melhores candidatos em menor tempo, o que se deve ao uso de triagem automática, testes online e demais ferramentas disponíveis no recrutamento digital.

Por que o e-recruiting é tendência?

 O crescimento do e-recruiting já é uma realidade nas empresas, e isso se deve as diversas vantagens que oferece à equipe de R&S. Veja, a seguir, quais são as principais razões pelo sucesso do recrutamento digital.

Eficiência

As ferramentas tecnologias envolvidas no e-recruiting também automatizam as tarefas manuais e repetitivas, como a triagem de currículos e envio de e-mail. O resultado disso é a redução de erros, o que leva a contratações mais eficientes, uma das maiores vantagens do e-recruiting.

Qualidade dos candidatos

Uma das características do recrutamento digital é o uso de ferramentas de triagem automatizadas para a busca de candidatos que melhor se enquadram nos requisitos da vaga, tanto em termos de habilidades técnicas quanto de competências comportamentais, as chamadas soft skills

Desse modo, os recrutadores podem avaliar profissionais com habilidades mais avançadas e que, de fato, atendam às demandas da organização.

Economia

O recrutamento digital reflete diretamente na economia de tempo e dinheiro na rotina de trabalho do RH. Isso porque as ferramentas de triagem podem eliminar os candidatos que não atendem aos requisitos da vaga, fazendo com que somente os profissionais mais qualificados avancem nas etapas seletivas.

Portanto, o R&S se torna mais rápido e, consequentemente, menos oneroso para a empresa. E o dinheiro poupado pode ser empregado em outras necessidades da companhia.

Como aplicar e-recruiting na empresa?

A implementação da jornada de e-recruiting modifica a estrutura dos processos de Recrutamento e Seleção, alterando, também, a forma de atuação dos recrutadores.

Por isso, a adoção desse método requer um planejamento específico. Saiba, a seguir, como fazer e-recruiting na prática.

Defina os requisitos do recrutamento digital

Em primeiro lugar, é necessário definir o que a empresa busca por meio do e-recruiting. Para tanto, comece delimitando o tamanho do processo, o que compreende todas as etapas que devem ser trilhadas para a contratação de um novo colaborador. Em seguida, determine os prazos de cada uma dessas etapas.

Depois, é o momento de identificar quais são os cargos a serem preenchidos, quais as competências técnicas e comportamentais exigidas para cada e o perfil dos talentos buscado pela empresa.

Utilize uma plataforma de e-recruiting

Para automatizar os processos de R&S, é imprescindível contar com uma plataforma de e-recruiting, que é responsável por centralizar as atividades relacionadas à divulgação da vaga, triagem dos currículos, agendamento das entrevistas e comunicação com os candidatos.

Divulgue as vagas em canais de comunicação relevantes

Quanto maior o número de canais de comunicação a empresa divulgar as vagas de emprego, mais candidatos poderão ser atraídos para o seu processo seletivo. No entanto, é preciso selecionar os canais mais relevantes, onde realmente esteja o seu público-alvo.

Quais ferramentas de e-recruiting utilizar?

A escolha das ferramentas de e-recruiting pode ser determinante para o sucesso na adoção desse método, visto que aumenta as possibilidades de precisão da empresa. Conheça as principais ferramentas para um recrutamento digital ágil e eficiente.

1. Software de recrutamento

Os softwares de recrutamento, como a plataforma da Catho, automatizam diversos processos de recrutamento e seleção. Eles oferecem um conjunto de funcionalidades que simplificam e agilizam a busca por talentos.

Algumas das principais funções da plataforma:

  • publicação de vagas em variados canais de comunicação, como site e e-mail;
  • triagem automática de currículos com base no uso de algoritmos de Inteligência Artificial (IA);
  • banco de currículos com mais de 11 milhões de profissionais cadastrados;
  • testes e avaliações para checar as habilidades e as competências de cada candidato;
  • agendamento de entrevistas diretamente pela plataforma.

A solução traz praticidade para a gestão e execução dos processos de Recrutamento e Seleção. Ao publicar uma vaga, por exemplo, a empresa pode receber recomendações automáticas dos candidatos mais aderentes ao cargo.

A empresa também pode utilizar diversos filtros, como o de geolocalização, que permite aos recrutadores identificarem candidatos mais próximos da empresa. Existe, ainda, a possibilidade de combinar filtros avançados para selecionar os candidatos alinhados ao perfil da vaga.

2. API de vagas

A Interface de Programação de Aplicação (API) tem se popularizado nas empresas por possibilitar a comunicação entre os mais variados sistemas.

Essa tecnologia também pode ser utilizada no R&S: um exemplo isso é a API de vagas da Catho, que conecta o seu sistema interno de RH ao site da Catho, aumentando a visibilidade das vagas.

A ferramenta pode ser instalada sem nenhum custo para as companhias, além de ter fácil implementação e oferecer uma documentação completa e com informações técnicas simplificadas para os desenvolvedores.

Via API, a empresa pode fazer publicações mais ágeis. Basta digitar os anúncios das vagas uma única vez para que sejam publicados no site da Catho em até 20 minutos. As empresas podem editar, cancelar e reativar anúncios de vagas quantas vezes necessitarem.

3. Plataforma de recrutamento de PcD

Contratar Pessoas com Deficiência (PcD) é uma importante iniciativa para valorizar a diversidade e promover a inclusão no ambiente de trabalho.

Nesse sentido, a Plataforma de Recrutamento PcD da Catho é uma grande aliada, pois permite o acesso a um banco de profissionais com deficiência que estejam de acordo com a Lei de Cotas.

A sua plataforma conta com mais de 32 mil profissionais PcD cadastrados, com laudo médico validado ou certificação de reabilitação fornecido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que podem ser visualizados antes mesmo de chamar o candidato para uma entrevista.

O e-recruiting traz agilidade e eficiência para o R&S, conectando as empresas aos melhores talentos do mercado em menor tempo e com custos reduzidos. Para isso, é necessário utilizar ferramentas que otimizem as etapas de recrutamento e aumentem o alcance dos candidatos.

As soluções oferecidas pela Catho se diferenciam por serem pensadas exclusivamente para as necessidades atuais do RH, oferecer acesso a um amplo banco de currículos e automatizar desde o anúncio de vagas até a aplicação de testes.

Como vimos, realizar um processo de e-recruiting bem-feito permite aos recrutadores automatizar tarefas repetitivas e focar na parte estratégica do recrutamento, o que permite contratar talentos aderentes às vagas e alinhados aos valores da empresa.

Quer manter o RH da sua companhia moderno e eficiente? Baixe agora mesmo o e-book de Pesquisa de Tendências de RH 2023 e fique por dentro das novidades do setor!

Fale o que você pensa!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Desenvolvido por: Bulki e WPTotal
Pop Up Image

Campanha A Catho resolve

X