benefícios flexíveis

Como oferecer benefícios flexíveis? Entenda

O trabalho dos profissionais de Recursos Humanos é pensar em cada detalhe na experiência de trabalho que pode contribuir para a criação de um ambiente satisfatório para o maior número de colaboradores, não é mesmo? E é por isso que você precisa saber mais sobre os benefícios flexíveis para os funcionários.

Seja na valorização do estagiário, seja na distribuição de participação nos lucros para gestores. Cada empresa tem a sua realidade e o mais importante é entender o que pode ser feito para oferecer uma experiência mais positiva para os seus colaboradores. Os benefícios flexíveis são essenciais para esse trabalho, mas você sabe como pode oferecê-los na sua empresa? Continue a leitura deste artigo e confira!

O que são os benefícios flexíveis?

Os benefícios flexíveis são pacotes de serviços em que cada colaborador pode identificar quais são as suas necessidades e escolher as opções de acordo com as suas preferências. Afinal, uma parte essencial do bom employee experiencie é a certeza de que há vantagens que garantam o bem-estar dos funcionários no dia a dia da empresa. 

Quais são as vantagens de oferecer benefícios flexíveis aos colaboradores?

Agora, por que a sua empresa precisa oferecer benefícios flexíveis? Conheça algumas das principais razões!

Retenção de talentos

A retenção de talentos também é impactada pela política de benefícios flexíveis aos colaboradores. Afinal, se trata de uma forma de valorização do profissional, o que pode ser visto como decisivo para continuar em uma empresa, por exemplo.

Lógico que outros tópicos também são essenciais, mas a oferta personalizada desses serviços pode contribuir para manter os colaboradores de maior destaque.

Alinhamento com as necessidades dos colaboradores

A ideia de oferecer essa personalização garante que cada profissional defina o que é melhor para a sua realidade. Para alguns, o desconto na academia pode ser uma opção melhor, enquanto outros preferem descontos em cursos e especializações. No final, todos ficam mais satisfeitos. Alinhar essas necessidades é um diferencial competitivo que vale também a longo prazo.

Satisfação dos funcionários

Outro ponto que precisa ser considerado ao implementar uma política de benefícios flexíveis na empresa é a satisfação dos funcionários. Quando eles podem escolher o que é melhor para as suas realidades e têm a liberdade de escolha, a tendência é que fiquem muito mais contentes no dia a dia de trabalho.

Como implementar os benefícios flexíveis na empresa?

O que fazer, então, para implementar os benefícios flexíveis na sua empresa?

Conheça os seus funcionários

Antes de mais nada, é preciso conhecer o seu público. Isso mesmo: é necessário entender qual é o perfil dos colaboradores da sua empresa. Assim, como esse é o primeiro passo para criar uma estratégia de marketing, por exemplo, também vale para definir quais são os benefícios flexíveis que serão oferecidos. Não adianta criar uma proposta que não faça sentido para o público principal, não é mesmo?

Por isso, faça uma pesquisa para identificar quais são as principais necessidades dos colaboradores, as suas preferências, os seus desafios e objetivos. A ideia é que, dessa forma, se torne possível definir quais são os pacotes que devem ser oferecidos. A partir dessa pesquisa, fica mais fácil escolher alguns benefícios que sejam valorizados pelo colaborador.

Defina valores para o orçamento

A parte financeira também é muito importante, afinal, não basta oferecer uma série de benefícios se, na prática, eles não cabem no seu orçamento. Essa parte é fundamental, já que é necessário encontrar um equilíbrio entre aquilo que vai ser atrativo para o seu colaborador e, ao mesmo tempo, não será prejudicial para o setor financeiro da sua companhia.

Também é preciso adequar os diferentes benefícios em uma mesma faixa, para que a conta seja equilibrada e não haja o risco de muitos colaboradores optarem por uma alternativa muito mais cara, por exemplo. Em resumo, é preciso encontrar benefícios que estejam na mesma faixa de valor e se encaixem no orçamento destinado para essa questão.

Ofereça uma variedade de benefícios

Todo o conceito de benefícios flexíveis passa diretamente pela variedade de serviços que os colaboradores podem escolher. Isso significa que não adianta ter um ou dois benefícios para serem selecionados. É preciso, de fato, oferecer um portfólio para que ele monte o pacote da forma que preferir, adequando a sua realidade e aumentando a sua satisfação.

Apresente os pacotes

Também é de responsabilidade da equipe de Recursos Humanos fazer a apresentação da política de benefícios flexíveis que foi adotada. Quais são as opções e como cada colaborador deve se organizar para selecionar os serviços desejados? Todas essas questões precisam ser esclarecidas e o time de RH também deve se colocar à disposição para solucionar qualquer dúvida que surgir.

Por mais que não seja no mesmo momento, os profissionais de RH também precisam cuidar dessa apresentação no onboarding dos novos talentos. Ou seja, é de responsabilidade dessa equipe cuidar de toda a comunicação envolvendo os benefícios flexíveis dentro da empresa.

Colete feedbacks regularmente

Se engana quem pensa que o trabalho acaba após a apresentação dos pacotes de benefícios flexíveis. É preciso monitorar de perto tudo o que está acontecendo para entender se, de fato, as ofertas são atrativas para os seus colaboradores. A partir do lançamento dos pacotes, é importante coletar informações e feedbacks de toda a empresa sobre cada serviço.

Com o tempo, é possível identificar possíveis melhorias no programa e garantir que os colaboradores fiquem mais satisfeitos. Afinal, a ideia é que eles sejam os maiores beneficiados, não é mesmo? De tempos em tempos, portanto, realize pesquisas voltadas para a descoberta de mais detalhes e avaliações sobre o que os profissionais estão achando dos benefícios flexíveis.

Oferecer benefícios flexíveis é, portanto, uma estratégia muito eficiente para as empresas que querem se manter relevantes e desejam ter colaboradores mais satisfeitos, e produtivos. Por isso, siga todas essas dicas e garanta que a implementação desses serviços seja realizada de forma eficiente e precisa.

Apesar de fundamental, essa é apenas uma das muitas estratégias que podem ser implementadas para criar diferenciais internos à sua marca. Pensando nisso, o que acha de conferir algumas dicas que ajudem a criar um ambiente organizacional ainda melhor na sua empresa? Baixe o nosso guia completo para melhorar a experiência do colaborador!

Guia do RH para a saúde mental no ambiente corporativo

Assine a nossa newsletter e tenha em mãos as novidades mais relevantes sobre RH!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.