Seleção de currículos: como fazer uma análise perfeita

O time de colaboradores é o ativo mais relevante de qualquer empresa. São as pessoas que realizam a maior parte das rotinas que mantém viva uma corporação. Por isso, é de extrema importância que os profissionais de Recursos Humanos saibam realizar da melhor maneira a análise de currículo para atrair os melhores talentos e, consequentemente, conseguir melhores resultados.

No entanto, esta não é uma tarefa tão simples de fazer. O Brasil viveu algumas instabilidades econômicas e esse cenário acabou se convertendo em um alto número de desempregados e em inúmeros currículos na mesa dos recrutadores.

Além disso, em períodos de contratação, a intensidade e o fluxo de currículos aumenta, o que potencializa as chances de erro na hora de escolher os melhores candidatos. Muitas vezes, grandes talentos passam despercebidos.

No entanto, ao mesmo tempo em que essa análise de currículo deve ser minuciosa, ela também precisa de agilidade. Além de serem inúmeros, os currículos apresentam à equipe de recrutamento a primeira impressão sobre um candidato: suas habilidades, conhecimentos, atributos e experiências; fatores indispensáveis para identificar quais os profissionais melhor se encaixam nos cargos disponíveis.

Com esses desafios no processo seletivo, uma dúvida muito comum vem à tona entre as equipes de RH: como fazer uma análise de currículos perfeita? Não existe uma reposta certa, entretanto, há alguns passos e técnicas que maximizam a eficiência deste processo.

Continue a leitura e saiba mais!

Como fazer uma análise de currículos?

O processo de recrutamento e seleção passa por constante modificações, que podem acontecer de acordo com o comportamento da economia ou então pelo desenvolvimento de novas ferramentas tecnológicas.

Neste cenário mutável, faz-se indispensável a preparação, adequação e desenvolvimento dos profissionais da área de Recursos Humanos, para garantir que encontrem o candidato ideal para cada vaga, de acordo com os requisitos solicitados pela empresa em que atuam ou prestam seus serviços. Recrutadores devem estar sempre antenados às novas tendências que causam frequentes mudanças nos perfis de gestores, líderes e colaboradores em todos os segmentos.

Tudo começa com uma triagem de currículos bem definida e realizada

O primeiro passo de uma análise de currículo é a triagem, o procedimento usado para “filtrar” a primeira leva de currículos recebidos. Durante este processo são comparadas as características, habilidades, nível de conhecimento e experiências profissionais dos candidatos com os requisitos mínimos necessários para ocupar as vagas em aberto.

Antes de iniciar a triagem é preciso saber quais habilidades e conhecimentos técnicos o profissional ideal para a vaga deve ter. Além disso, é preciso definir os seguintes pontos:

  • Nível de escolaridade;

  • Tipo de idioma;

  • Perfil profissional.

Desta forma, serão eliminados já durante a triagem todos os currículos que não estão de acordo com os requisitos para preencher a vaga e, além disso, reservados os candidatos mais adequados para o cargo, tornado assim o trabalho dos recrutadores muito mais simples e assertivo.

Excluir logo no início os candidatos que não se adequam às vagas é indispensável, pois quando elas são divulgadas o RH recebe diversos currículos de profissionais com características bem distintas do que é pedido na descrição da vaga.

Apesar da extrema importância da triagem de currículos e de como ela facilita o processo de análise de currículo, muitas equipes de RH não dão o devido valor ao procedimento, pelo acúmulo de funções e excesso de atividades delegadas ao time.

4 fatores fundamentais para a análise de currículo perfeita

Após passar a “peneira grossa” nos currículos recebidos, é a hora do pente fino. Durante esta etapa a equipe de RH já aliviou o gargalo e tem um pouco mais de tempo para analisar minuciosamente os candidatos separados durante a triagem.

É importante ter em mente que apesar da necessidade de agilidade no recrutamento, é fundamental que o recrutador faça a análise de currículo com bom senso, calma e qualidade, afinal, rapidez não é sinônimo de eficácia.

Para que a análise tenha um equilíbrio perfeito entre velocidade e eficiência, 4 fatores fundamentais precisam ser checados para garantir que a escolha do profissional ideal seja certeira, observe:

1- Layout e disposição de informações no currículo

Normalmente, a contratação de um novo funcionário é urgente, isso faz com que o time de RH tenha pouco tempo para analisar uma infinidade de currículos dos mais variados tipos e formatos.

Para conseguir agilizar o processo de análise de currículo, inicie separando os mais organizados, com informações claras e bem dispostas, dispostas de maneira lógica e sem erros de português.

2- Escolaridade x experiência profissional

Após a triagem você já tem separado os candidatos com os requisitos mínimos para preencher a vaga, entre eles, o nível de escolaridade. Entretanto, é preciso confrontar as informações relacionadas às experiências profissionais do candidato e sua escolaridade.

Analisar os trabalhos anteriores e compará-los com a escolaridade é indispensável para determinar se o profissional pretende seguir a carreira ou está prestes a mudar de profissão. Pessoas que trabalham e estudam/estudaram em áreas coincidentes, normalmente continuam atuando no mesmo segmento e, além disso, exercem suas funções da melhor maneira possível e com domínio no assunto.

Confrontar as informações entre escolaridade e experiência profissional é uma forma de garantir a continuidade dos talentos e de reduzir e/ou evitar a rotatividade de funcionários.

3- O tempo de atuação em empregos anteriores diz muito sobre o candidato

Durante a análise de currículo é vital dar atenção à ordem das experiências profissionais e o tempo de atuação nas funções exercidas nos trabalhos anteriores. Esta medida é fundamental para entender o histórico profissional do candidato e como ele evoluiu no mercado de trabalho e em sua vida profissional.

Analisando essas informações é possível obter indicativos sobre os vínculos criados nas outras empresas em que trabalhou e se o profissional tende e/ou tem interesse em seguir, construir uma carreira e se desenvolver profissionalmente na empresa.

Os candidatos que “pulam” de uma ocupação para outra de tempos em tempos, deixam a impressão de certa falta de rumo na carreira e uma insatisfação constante, já que podem se desligar da empresa a qualquer momento, um acontecimento custoso para qualquer corporação.

Porém, nesse sentido também é importante considerar as mudanças de comportamento das novas gerações no mercado de trabalho. Uma realidade comum na geração dos nossos pais e avós, hoje já é mais raro profissionais permanecerem 20 ou 30 anos na mesma empresa – até porque as próprias empresas vêm mudando suas estruturas de negócio rapidamente.

Considere esse novo perfil também na hora de avaliar um candidato que passa pouco tempo em cada empresa, isso pode demonstrar dinamismo e uma flexibilidade para novas oportunidades e desafios. Uma boa dica é conversar com o candidato e procurar entender os motivos dessas trocas de empregos frequentes, você pode descobrir informações relevantes sobre o perfil dele.

4- Quais eram as rotinas e atividades realizadas nos últimos trabalhos

Podemos dizer que este é o passo final antes de selecionar quais candidatos serão chamados para entrevista. Nesta última etapa de uma análise de currículo é importante observar o que era feito pelo profissional em seus últimos empregos.

Após levantar essas informações é preciso realizar uma síntese de todas as rotinas e atividades realizadas anteriormente pelo candidato. Agrupar todos esses dados permite que a equipe de RH, a partir das competências e habilidades analisadas, consiga determinar qual é o real perfil do profissional no ambiente de trabalho e o quanto ele era engajado em suas funções.

É importantíssimo também avaliar se o profissional exercia funções e realizava atividades extraordinárias às suas rotinas diárias obrigatórias. Caso isso seja identificado é um indicativo de comprometimento e proatividade, duas características fundamentais e muito procuradas em um profissional.

Use a tecnologia a seu favor e aumente ainda mais a eficácia da análise de currículo

Use a tecnologia a seu favor e aumente ainda mais a eficácia da análise de currículo

A tecnologia pode ser uma aliada para empresas que procuram por profissionais e para pessoas que buscam um emprego. Para as organizações, existem ferramentas que entregam agilidade e assertividade durante os processos de seleção e recrutamento, garantindo que aconteçam perfeitamente.

Além disso, também é possível encontrar profissionais por região, usando filtros avançados para receber currículos mais compatíveis com cada vaga a ser preenchida.

Outra característica das soluções digitais que colabora com a seleção e recrutamento de profissionais, é a possibilidade de realizar pesquisas salariais para obter a média por cidade, estado ou região e de comparar a oferta de salários das empresas concorrentes. Com essas informações em mãos você pode oferecer diferenciais em suas vagas para competir melhor por talentos.

Como você pode observar, a análise de currículos perfeita depende de uma triagem bem desenvolvida, da avaliação dos 4 fatores fundamentais e, além disso, de ferramentas tecnológicas que dinamizam e aperfeiçoam todo o processo de seleção e recrutamento.

Conheça a solução Recrutamento Perfeito, ferramenta da Catho Empresas que traz aos recrutadores muito mais rapidez e simplicidade na hora de fazer a análise de currículos de forma muito mais assertiva! Com ele, você pode buscar candidatos numa base com mais de 8 milhões de currículos utilizando filtros específicos, como: pretensão salarial, experiência, idiomas, localidade etc. Além disso, também pode enviar mensagens, imprimir currículos, convidar profissionais para entrevistas, entre outras facilidades.

Quer entender melhor como a tecnologia pode transformar seus processos de contratação? Leia: Recrutamento perfeito – o que fazer para contratar com mais eficiência. 

Assine a nossa newsletter e tenha em mãos as novidades mais relevantes sobre RH!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.