demissão remota

Como fazer uma demissão remota da melhor maneira possível?

Com o cenário de crise gerado pela pandemia do Covid-19, muitas empresas precisaram tomar medidas extremas para manter os negócios. O desligamento de colaboradores se tornou inevitável em muitas situações e, por conta do distanciamento social do período, a demissão remota acaba sendo a soluções para comunicar os profissionais.

Por mais que esse não seja o procedimento habitual das organizações e traga certo desconforto, o RH pode implementar práticas para tornar o desligamento menos doloroso para os funcionários afetados.

Neste artigo, trouxemos algumas dicas que a gestão de pessoas pode adotar e sugerir para os líderes da empresa. São posturas que buscam mostrar, mesmo na demissão, a cultura e os valores da corporação. Confira no texto.

Humanize o processo de demissão remota

Buscar a humanização da demissão remota é essencial para não passar aos colaboradores — e à sociedade — que a empresa está insensível com a situação. A falta de tato nos desligamentos pode, inclusive, agravar a crise já provocada pelos problemas financeiros e pelo desfalque no quadro de funcionários, gerando um problema de imagem.

Por isso, é essencial aplicar os valores da organização no encerramento das participações dos profissionais. Empatia é a palavra que norteia esse processo. O RH e os gestores de equipes devem se colocar no lugar dos colaboradores, usando uma linguagem empática.

Mesmo sendo uma demissão remota, ela não precisa ser fria. Se houver a possibilidade de uma conversa por vídeo, essa pode ser a forma mais adequada de transmitir a informação. Como você vai ver ao longo do texto, esse comunicado deve ser transparente e vir acompanhado de feedbacks e, se possível, de auxílio no outplacement.

Organize o processo com o RH

Em um cenário de crise, é possível que o RH precise dar conta de múltiplas demissões em poucos dias. Dependendo do tamanho da empresa, o corte no quadro de funcionários pode significar falar com centenas de pessoas, de diversos setores diferentes.

Esse processo certamente requer organização, para que as boas práticas não sejam perdidas e erros não aconteçam. O time de gestão de pessoas deve estar alinhado tanto aos gestores de equipes quanto ao departamento pessoal, que será o responsável por administrar a papelada dos profissionais desligados.

Cada integrante do time de RH pode ficar responsável por uma tarefa ou etapa do processo, assim as demandas não se confundem e a equipe garante uma sincronia.

Seja transparente com os colaboradores

A transparência na comunicação é um ponto fundamental para fazer uma demissão remota da melhor forma possível. Períodos de desligamento na empresa às vezes são marcados por suposições equivocadas que são disseminadas entre os colaboradores. Quando isso acontece e não há esclarecimento, a organização perde a posse do seu discurso e pode ter a imagem da marca empregadora prejudicada.

É importante que os comunicados feitos sejam alinhados com o executivo e tenham o máximo de informações possível, deixando claros os motivos dos desligamentos, explicando a situação de crise e lamentando as ações extremas.

Powered by Rock Convert

Durante a pandemia, muitas organizações preferiram estender suas explicações à sociedade, falando abertamente sobre os desligamentos e fortalecendo a postura de transparência.

Ofereça feedback da performance

Uma atitude que pode ser tomada durante a demissão remota para aplacar os sentimentos negativos dos profissionais é a prática do feedback. Nesses casos, os gestores, durante a conversa de desligamento, separam um momento para oferecer uma perspectiva positiva do trabalho de seus colaboradores.

Essa ação ressalta o potencial de cada indivíduo e serve como um agradecimento pelo desempenho do profissional ao longo do tempo de empresa. Além disso, os feedbacks se tornam ferramentas de desenvolvimento pessoal, apontando a cada funcionário os seus pontos positivos que podem, até mesmo, ser destacados em entrevistas de recolocação.

Feedbacks positivos durante uma demissão tão delicada, como acontece em meio à crise, podem ajudar na autoconfiança do profissional, mostrando que o desligamento foi motivado por outras questões que não uma performance negativa.

Crie soluções para auxiliar os trabalhadores demitidos

Mesmo precisando fazer uma demissão remota, a empresa ainda pode ajudar os funcionários em sua trajetória. Algumas soluções implementadas pelo RH podem ser benéficas, principalmente durante um momento de crise social. Veja algumas opções.

Cartas de recomendação

Oferecer cartas de recomendação aos colaboradores desligados é dar um impulso na conquista de uma nova vaga de emprego. O RH pode fazer essa parceria com os líderes dos times de talentos, solicitando depoimentos que destaque o desempenho positivo dos profissionais.

Extensão do plano de saúde

Mais uma prática que mostra cuidado da empresa em relação aos profissionais que atuaram nela é a manutenção do plano de saúde mesmo após a demissão remota. Considerando o período de pandemia, esse recurso passou a ser muito valioso para as famílias. Assim, manter esse benefício por alguns meses pode mostrar ainda mais empatia e humanização do processo.

Cursos de atualização

Oferecer uma assinatura de cursos de atualização ou fazer uma parceria para garantir descontos com instituições de ensino é mais uma forma de ajudar profissionais depois da demissão. Para empresas que têm plataformas de educação corporativa, manter o acesso aos treinamentos também é uma excelente opção.

Apoio à Recolocação da Catho

A tecnologia e o RH estão sempre ligados, por isso, oferecer soluções digitais de recolocação profissional é mais uma estratégia muito interessante. Atualmente, as melhores empresas estão conectadas em plataformas online de vagas e fazem seu recrutamento de forma virtual.

Assim, dar aos ex-colaboradores um acesso a serviços como o Apoio à Recolocação da Catho é uma iniciativa que os leva para mais perto de uma nova oportunidade de emprego. Esse tipo de solução garante, além do envio de currículos para vagas, dicas e conteúdos para ajudar os profissionais em seu processo de recolocação.

Esperamos que este conteúdo tenha mostrado que, embora a demissão remota seja uma ação complexa e desafiadora, o RH pode trabalhar para torná-la mais humana para os profissionais. O empenho em ajudar os colaboradores nesse momento certamente é um dos principais papéis do setor para mostrar empatia e alinhamento com a cultura promovida pela organização.

A Catho Empresas pode ajudar seu RH a conduzir um processo de demissão da melhor maneira possível. Entre em contato com nossa equipe e conheça nossa solução de apoio à recolocação.

Assine a nossa newsletter e tenha em mãos as novidades mais relevantes sobre RH!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.