pessoas com deficiência

4 motivos para contratação de pessoas com deficiência e como fazer na prática

A contratação de pessoas com deficiência contribui para a diversidade na empresa , além de fomentar um positivo impacto social e econômico. Empresas com mais de 100 colaboradores são obrigadas, por lei, a reservar cotas para pessoas com deficiência (PcDs). No entanto, apenas uma pequena parcela dos PcDs estão incluídos no mercado de trabalho, o que demonstra que tanto empregados quanto empresas enfrentam grandes desafios para essas contratações.

Quer saber quais são os motivos para contratar pessoas com deficiência e como fazer na prática? Então continue a leitura!

Por que a inclusão é importante e quais os motivos para contratar pessoas com deficiência

Empresas que fazem a inclusão em seus ambientes laborais usufruem de uma série de benefícios, entre eles a geração de mais valor para o dia a dia do trabalho das pessoas, o que agrega diferenciais competitivos que impactam positivamente na performance da empresa. Nesse cenário, a diversidade traz humanização para as companhias, fazendo delas marcas socialmente responsáveis. Separamos a seguir alguns motivos para a contratação de pessoas com deficiência. Acompanhe!

Aumento dos resultados

Divulgação da Boston Consulting Group (BCG) revelou que  equipes diversas têm receita 19% maior devido a inovação, o que, em mercados cada vez mais acirrados, é um importante diferencial competitivo.

Assim, diferentes experiências, opiniões e pontos de vista podem conferir mais inovação e criatividade às companhias, o que favorece a resolução de questões de forma mais rápida e eficiente, tornando os processos mais relevantes para todo o público. Como consequência, a empresa ganha uma melhor performance, gerando resultados positivos.

Melhora do clima organizacional

Corporações que valorizam a diversidade adotam uma política de respeito, boa convivência e tolerância, o que ajuda na manutenção de um clima organizacional positivo. Isso acontece porque o público interno da organização passa a lidar melhor com suas diferenças, o que diminui as ocorrências de questões conflituosas entre os colegas.

Formação de uma marca empregadora

Como ganhos evidentes desse esforço, ainda temos a formação de uma marca empregadora forte, que atrai e retém seus talentos, oferecendo oportunidade de crescimento para todos.

Quais fatores as empresas devem se atentar para a contratação de pessoas com deficiência?

A Lei 8.213/91, mais conhecida como Lei de Cotas, rege que as organizações tenham um número mínimo de trabalhadores com deficiência nos seus quadros – de 2% a 5% do número total de empregados, a depender do tamanho da companhia. Para que as contratações sejam realmente efetivas, é preciso começar por três questões fundamentais. Acompanhe!

Processo seletivo

O processo seletivo deve ser focado nas competências e habilidades do candidato, independente da deficiência, e garantir a acessibilidade às vagas. É preciso conhecer as necessidades dos candidatos que estão participando do processo, não tendo o recrutador receio de perguntar quais recursos são necessários para realizar a entrevista.

No caso de pessoas surdas, por exemplo, pode haver a necessidade de um intérprete de libras. Assim, o momento da entrevista deve acontecer de forma natural e as perguntas devem ser direcionadas a conhecer as habilidades do profissional. 

Infraestrutura

A empresa precisa garantir a infraestrutura de modo que o espaço seja adequado ao trabalho e ao deslocamento dos profissionais, garantindo segurança e autonomia. Ambientes adaptados, móveis planejados, pisos táteis, rampas, sinalizações, informações em braile, entre outros itens devem ser contemplados.

Integração

Para que os PcDs sejam bem-recebidos e as chances de sucesso das contratações elevadas, é fundamental preparar a liderança e os demais colaboradores. Isso pode ser feito por meio de reuniões e treinamentos, com o objetivo de orientá-los sobre a importância das pessoas com deficiência na empresa, e como cada membro da equipe pode ajudar nesse acolhimento. O objetivo é promover a igualdade, integração e desenvolvimento do time.

Quais deficiências se enquadram na Lei de Cotas?

Para que uma pessoa com deficiência possa ser enquadrada na Lei de Cotas, é preciso que ele passe por uma avaliação médica. Esse profissional emitirá um laudo com os descritivos das limitações e graus de comprometimento das deficiências do candidato. São enquadrados na Lei de Cotas os que seguem abaixo:

Deficiência auditiva

Perda total, bilateral ou parcial, de quarenta e um decibéis (dB) ou mais, diagnosticada por audiograma nas frequências de 500Hz, 1.000Hz, 2.000Hz e 3.000Hz.

Deficiência visual

Ter baixa visão, de acordo com a CONJUR/MTE 444/11, ou cegueira total.

Deficiência física

Degeneração parcial ou completa de um ou mais membros do corpo humano, comprometendo a função física, apresentando-se sob a forma de:

  • amputação ou ausência de membro;
  • paralisia cerebral;
  • monoparesia;
  • paraplegia;
  • tetraparesia;
  • paraparesia;
  • triparesia;
  • hemiplegia;
  • nanismo;
  • ostomia;
  • monoplegia;
  • tetraplegia;
  • hemiparesia;
  • triplegia;
  • membros com deformidade congênita ou adquirida, com exceção de deficiências de cunho estético e as que não impactem no desempenho de atividades laborais.

Autismo

Os autistas foram incorporados na Lei de Cotas em 2012, e passaram a ser assistidos com os benefícios das pessoas com deficiência, incluindo a reserva de vagas em empresas.

Deficiência intelectual

Déficit de capacidade cognitiva, manifestada antes dos 18 anos e com limitações relacionadas a duas ou mais habilidades adaptativas, como:

  • habilidades acadêmicas;
  • habilidades sociais;
  • trabalho;
  • comunicação;
  • saúde e segurança;
  • cuidado pessoal;
  • utilização dos recursos da comunidade;
  • lazer.

Deficiência múltipla

Associação de duas ou mais deficiências.

Como encontrar profissionais com deficiência e fazer a verificação do laudo médico?

A maneira mais eficiente de encontrar profissionais com deficiência é contar com a ajuda de uma empresa especializada. A Catho Empresas possui mais de 28 mil currículos de profissionais com laudo médico validado ou certificado de reabilitação do INSS. Você também terá acesso ao perfil de mais de 150 mil candidatos que se declaram com deficiência.

Outra vantagem é que você pode contar com os recursos da ferramenta de recrutamento e seleção, sendo possível fazer toda a gestão do processo seletivo pela área da empresa, de forma online, conferindo muito mais agilidade para todas as etapas do seu processo seletivo.

Se você gostou deste post sobre motivos para a contratação de pessoas com deficiência e como fazer a contratação na prática, entre em contato para conhecer a nossa solução completa de R&S para PcDs!

Assine a nossa newsletter e tenha em mãos as novidades mais relevantes sobre RH!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.