diversidade no ambiente corporativo

Diversidade no ambiente corporativo: entenda sua importância

Se você tem acompanhado as discussões do mercado de trabalho, já percebeu que a diversidade no ambiente corporativo tem sido um tema cada vez mais tratado. No entanto, a maioria das organizações ainda não passou da teoria para a prática nessa temática. Que tal começar já esta mudança na sua empresa?

Como profissional de RH, se você se interessa por esse assunto já está em vantagem. Afinal, a mudança de mindset é um fator principal para criar um ambiente mais inclusivo e diverso na sua instituição. Agora, basta se aprofundar no tema e nas estratégias de aplicação.

Neste artigo, vamos compartilhar com você os benefícios de investir em diversidade e quais são as formas mais eficientes de compor um quadro de colaboradores usando esse princípio. Continue a leitura e confira.

Os tipos de diversidade

Em 2007, uma brincadeira fez um enorme sucesso no Brasil com a música que dizia repetidamente “cada um no seu quadrado”. Esse hit da internet traduz o pensamento de muita gente que evita encarar o diverso. De fato, ficar no próprio quadrado pode até ser cômodo, mas está longe de ser o ideal no que se refere ao convívio em uma sociedade com perfis tão vastos e ricos.

A diversidade se apresenta em várias formas: gênero, idade, raça, religião, background cultural, orientação sexual, língua, habilidades, entre outras.

O famoso empreendedor estadunidense Malcolm Forbes definiu diversidade no trabalho como “a arte de pensar de forma independente, em conjunto”. Adotar a diversidade no ambiente corporativo é reconhecer que cada pessoa tem muito a oferecer partindo de sua individualidade. São bagagens, que, quando se juntam, podem agregar muito valor às dinâmicas e desafios empresariais.

Os benefícios da diversidade no ambiente corporativo

Aderir a uma cultura de diversidade no ambiente corporativo traz diversas vantagens, tanto para o negócio quanto para as pessoas que convivem no espaço organizacional. Grandes empresas como Cisco, Accenture e Adobe já entenderam os benefícios de abraçarem a diversidade e figuraram entre as 10 mais bem colocadas noranking Great Place to Work de 2019. Entenda de quais fatores positivos estamos falando.

Inovação e criatividade

No mercado atual, inovação e criatividade são exigências para uma empresa crescer e se destacar. Mas alcançar isso é impossível mantendo um pensamento tradicional que siga apenas as mesmas linhas de raciocínio.

O que acontece em um ambiente com diversidade é que cada indivíduo soma sua bagagem ao capital intelectual da empresa, favorecendo a troca de ideias e de experiências – um cenário ideal para a inovação florescer. Um estudo do Boston Consulting Group (BCG) descobriu que times mais diversos podem ter uma receita até 19% mais alta por conta desse fator chave.

Atração e retenção de talentos

Na hora de começar um processo de atração e recrutamento, você provavelmente se pergunta o que os profissionais estão buscando. As respostas têm incluído cada vez mais uma cultura sólida que compartilhe de valores relevantes, como a diversidade.

Principalmente se você tem objetivo de atrair e reter as gerações Y e Z, é fundamental investir nesse aspecto, visto que o engajamento com a marca empregadora acaba sendo favorecido por essa visão de alinhamento com os interesses dos inúmeros arquétipos sociais.

Estratégia de performance

Abraçar a diversidade no ambiente corporativo é, portanto, uma estratégia de performance relevante para sua organização — uma forma de consolidar a identidade da marca frente ao mercado, aos investidores, clientes e profissionais.

Powered by Rock Convert

Com isso, a empresa ganha diferencial e passa a se destacar a partir de seu posicionamento positivo. Unido aos outros benefícios que já citamos, as consequências são equipes engajadas, ótimo clima interno e melhores resultados.

As formas de promover a diversidade na cultura da empresa

Quer tornar a diversidade no ambiente corporativo uma realidade na sua organização? Existem ações que podem favorecer esse processo e transformar sua marca empregadora em um exemplo no mercado. Veja em quais áreas o RH pode influenciar.

Processo de seleção

O recrutamento é, certamente, a porta de entrada para uma cultura de diversidade, afinal, tudo começa na contratação de pessoas de grupos diversos. A legislação já oferece um incentivo, por meio da lei de cotas, por exemplo, que visa oferecer oportunidades para pessoas com deficiência.

No entanto, existem ainda muitos outros perfis que podem agregar à empresa e que, geralmente, não são alcançados pelos métodos tradicionais de seleção. Por isso, uma forma de mudar o cenário é adotando o recrutamento às cegas, também conhecido por recrutamento por habilidades e competências.

Nessa estratégia, o RH usa os filtros do sistema de busca de currículos para encontrar as qualidades profissionais desejadas, sem considerar os fatores pessoais.

Programas e campanhas específicas

Outra forma de promover a diversidade na cultura da empresa é por meio de programas e campanhas direcionadas para o tema. No recrutamento, por exemplo, nem sempre é possível alcançar todos os perfis, visto que alguns grupos têm menos oportunidades e acesso às vagas. Nesses casos, eles podem ser procurados de forma intencional, por meio de vagas específicas e parcerias com ONGs.

Além disso, a organização também pode se envolver socialmente em causas com a bandeira da diversidade. Apoiar instituições e iniciativas é uma forma excelente de se posicionar e se distinguir nesse contexto.

Conscientização e alinhamento

Para instituir uma cultura de diversidade no ambiente corporativo, é essencial trabalhar na mentalidade e nas práticas diárias presentes no local de trabalho porque contratar profissionais com perfis diversos sem antes cultivar um espaço de respeito e inclusão pode resultar em verdadeira catástrofe.

O processo de conscientização desse mindset deve vir de cima para baixo, alcançando todos os níveis hierárquicos. A importância da diversidade precisa ser um tema recorrente nas conversas, para assim criar um alinhamento entre teoria e prática.

Isso vai exigir ações como o abandono dos estereótipos, políticas firmes contra discriminação e um reforço na qualidade da comunicação e das relações interpessoais, que favoreça a empatia e o respeito.

Reconhecer a importância da diversidade no ambiente corporativo é cada vez mais indispensável para empresas que querem se manter competitivas e contar com os melhores profissionais do mercado. A eficiência será resultado de um processo que atue tanto na cultura quanto nas ações empreendidas, garantindo um pensamento orgânico dentro do espaço de trabalho.

Se você gostou deste conteúdo e quer acompanhar mais artigos como este, assine nossa newsletter e receba nossos materiais em seu e-mail!

Assine a nossa newsletter e tenha em mãos as novidades mais relevantes sobre RH!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

  1. O cuidado em identificar pontos críticos na valorização de fatores subjetivos desafia a capacidade de equalização das novas proposições. Percebemos, cada vez mais, que a consolidação das estruturas ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança da gestão inovadora da qual fazemos parte. Por outro lado, o novo modelo estrutural aqui preconizado cumpre um papel essencial na formulação do remanejamento dos quadros funcionais.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.